sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Check List

Data - 12/11/16
Local - Sítio Encantos da Natureza (Sítio da família)
Paleta de cores - Rosa, nude, dourado
Vestido de Noiva - Iracema Noivas
Maquiagem - Caroline Batista
Cabelo - Rosimeire Pereira (Meirinha)
Fotografia -  Heder Oliveira

segunda-feira, 14 de novembro de 2016


Bem, pessoal... Casei!
Isso mesmo que estão lendo.

Foram 5 anos e meio de namoro e nessa semana, dia 12/11/2016 pra ser mais exata, nós casamos.
Gente, eu sonhava, mas às vezes a realidade de casar parecia tão distante, tão impossível...

Foram muitas dificuldades. Primeiro eu tive que convencê-lo a casar e fazer uma festa por que por ele casaríamos no civil apenas ou só juntaríamos as escovas. Mas eu bati o pé e fiquei firme na minha decisão, afinal não esperei até 30 e uns para não casar com tudo o que tinha direito. E tive tuuuudo aquilo que eu sonhei!
Convencido o noivo a fazer a festa, começamos a batalhar pra juntar dinheiro. E eu comecei a fazer meus artesanatos que tanto gosto. Tudo voltado para o casamento. Foram muitos detalhes pensados pra esse dia.

Passamos perrengues também! Minha casa foi assaltada um mês antes do casamento e um dinheiro que eu já tinha separado pra pagar fornecedores foi embora... Meu pai que também ficou de ajudar com dinheiro pra algumas despesas, se enrolou no banco e me deixou na mão. Tudo isso faltando poucos dias para o casamento.

Não vou mentir, me deu muuuuuita vontade de cancelar, mas eu já tinha pago tantas coisas, já tinha gastado tanto, sem contar que desistir do meu casamento não era o que eu queria. E resolvi meter as caras e casar do jeito que desse. Se não tivesse bolo, casaria assim mesmo, se não tivesse roupa, casaria do mesmo jeito!
Chorei muuuuito, muito mesmo!
Quando liguei pro Gabriel contando que meu pai não ia nos dar o dinheiro e que o rapaz não ia fazer a decoração do casamento, eu chorava de um lado e ele chorava de outro. Nossa, acho que poucas vezes sofri tanto como naquele dia!
Ele então ligou pra uma tia que ele considera uma mãe e contou nosso problema, e ela mobilizou as irmãs para transformar nossos presentes em dinheiro. Salvou nossas vidas e nosso casamento. E minha irmã me salvou com a outra metade do dinheiro.

Apesar das dificuldades, deu tudo certo, saiu tudo lindo e o melhor, não começamos nossa vida a dois com grandes dívidas e estamos muito felizes!
Ainda temos mutas coisas pra organizar. Terminar de construir nossa casa em Serrinha, comprar nossa casa em Feira, decidir, afinal, onde vamos morar. (pois é, não decidimos em que cidade ficar. kkkk)

No mais, estou feliz e cada dia mais apaixonada pelo meu (agora) marido Gabriel. O anjo que papai do céu mandou pra mim no momento em que eu mais precisava.